Serra lança Operação Verão 2010


 

Litoral - 25/12/2009 - 10:21:41

 

Serra lança Operação Verão 2010

Governo mobiliza recursos e profissionais para garantir segurança e conforto no litoral

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O governador José Serra lançou nesta quinta-feira, 24, a Operação Verão 2010, um esforço conjunto do governo estadual para reforçar serviços e garantir a segurança e a infraestrutura para a população nos municípios do litoral paulista durante a alta temporada. Só na Baixada Santista, a população salta de 1,6 milhão de habitantes para 3,8 milhões nessa época do ano. No litoral norte, a população chega a 1 milhão, somando assim quase 5 milhões de turistas em todo o litoral.

"São quatro áreas para operações fundamentais: água, e esgoto naturalmente; segurança; saúde e transporte. Estamos em cima de cada um dos problemas", explicou o governador durante o lançamento no litoral.

Durante a Operação Verão, as polícias Militar, Civil e Técnico-Científica farão ações integradas na região para prevenir e combater a criminalidade. O policiamento será reforçado com 3.315 policiais - além de 607 bombeiros -, principalmente na faixa da praia, em áreas comerciais e em locais de eventos, que contarão com reforço de equipamentos como viaturas e helicópteros.

Para garantir a segurança dos motoristas e passageiros que usarão as rodovias, foram mobilizados 4 mil policiais rodoviários - só nas rodovias que dão acesso ao litoral, serão 1.232 policiais. As estradas contarão também com 2.550 profissionais das concessionárias, do DER e da Dersa atuando na fiscalização e orientação aos usuários das estradas.

No saneamento, um investimento de R$ 2,3 bilhões em programas como o Onda Limpa e o Água no Litoral, além de um plano de ações, garantem à população local e aos turistas o funcionamento dos serviços de abastecimento de água na Baixada Santista, Litoral Norte e Vale do Ribeira. São ações de um planejamento integrado para as regiões visando os próximos 30 anos. "Isso vai diminuir a mortalidade infantil, diminuir o mau cheiro e melhorar muito a qualidade das praias", ressaltou Serra.

A Secretaria da Saúde ainda liberou cerca de R$ 2,3 milhões para reforçar o atendimento em 15 municípios paulistas que costumam ter grande fluxo de turistas. O objetivo é fornecer recursos para que as prefeituras tenham mais medicamentos e insumos em suas unidades de saúde. Os valores serão pagos em três parcelas, nos meses de janeiro, fevereiro e março.

Abastecimento de Água

A Sabesp está investindo R$ 2,3 bilhões, por meio de programas como o Onda Limpa (R$ 1,9 bilhão) para aumentar os índices de coleta de esgoto de 54% para 95% na Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS), e de 35% para 85% de coleta no Litoral Norte, tratando 100% deste total, e o Programa Água no Litoral (R$ 428 milhões). O conjunto de investimentos gera mais de 90 mil empregos diretos e indiretos. Os trabalhos do Onda Limpa, iniciados em 2007, já surtem efeitos na balneabilidade de várias praias, o que pode ser observado na melhoria dos últimos índices registrados pela Cetesb. Confira aqui.

As ações para garantir o abastecimento de água nesta temporada incluem o investimento de R$ 34,8 milhões em ampliação da rede, maior capacidade de reservação e melhor pressão de água em todo o litoral e Vale do Ribeira. A Baixada Santista recebeu R$ 31 milhões; o Litoral Norte, R$ 3 milhões; e o Vale do Ribeira, R$ 800 mil. Durante todo o ano de 2009, as instalações existentes foram otimizadas para garantir um verão sem falta d'água, o que já foi realidade no ano passado. Mais de mil funcionários em todo o litoral e Vale do Ribeira foram mobilizados para este verão.

Além dos investimentos para garantir o abastecimento, duas importantes obras, no total de R$ 380 milhões, estão em andamento na Baixada Santista: as construções das estações de tratamento de água Mambu Branco, em Itanhaém, e a de Jurubatuba, no Guarujá, ambas como parte do Água no Litoral. Outro destaque é a operação integrada dos dois reservatórios do Guarujá em um investimento de R$ 13 milhões que possibilitou a ampliação de capacidade de transferência de água para o município.

Também está em construção a Estação de Tratamento de Água (ETA) Boracéia, em Bertioga. A ETA entrará em operação em janeiro de 2010 e beneficiará mais de 13 mil habitantes de Bertioga e São Sebastião, com aumento da oferta de água de 30 para 60 litros por segundo. No mesmo município, o bairro Chácara Vista Linda será beneficiado com mais redes de água.

Em Praia Grande, foram trocados 40 quilômetros de tubulações e 15 mil ramais. Os demais municípios da Baixada- Santos/São Vicente, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe - ganharam intervenções pontuais de manutenção. Para o atendimento a usuários, a Sabesp disponibilizará 36 motociclistas, que deverão chegar ao local no máximo 30 minutos após a chamada.

No Litoral Norte, a otimização de equipamentos já existentes e ações preventivas possibilitaram o aumento de produção de água em 738 mil litros/dia - 20% a mais que a capacidade do ano passado.

No Vale do Ribeira, a Sabesp também otimizou os equipamentos e realizou ações preventivas, com investimento de cerca de R$ 6,8 milhões. Assim como no ano passado, uma série de medidas operacionais permitirá ampliar a oferta diária de água nas três cidades, que devem receber mais de 300 mil turistas.

Para tornar ainda mais rápido o atendimento ao usuário do litoral e interior de São Paulo - de no máximo um minuto de espera -, a Sabesp acaba de inaugurar uma nova central de atendimento telefônico (0800 -55-0195, ligação gratuita), que funciona 24 horas. Quem telefona para o antigo 195 é transferido automaticamente.

Rodovias

Milhões de veículos devem circular pelas estradas paulistas neste verão. Apenas entre os feriados do Natal e do Ano Novo, cerca de 7 milhões de veículos deverão passar pelas principais rodovias (Anchieta, Imigrantes, Anhanguera, Bandeirantes, Ayrton Senna e Castelo Branco).

Para atender todos esses usuários, os órgãos de trânsito trabalharão com equipamentos como guinchos, carros de apoio e ambulâncias. Ao todo, são 369 unidades nas mais movimentadas rodovias estaduais - em dias normais, são 237. Além das 57 Unidades Básicas de Atendimento (UBAs) espalhadas pelo Estado, o DER irá colocar uma UBA móvel no litoral com cinco veículos de apoio para ajudar no atendimento.

Os motociclistas nas estradas são uma das principais preocupações da Operação Verão. O percentual de motos envolvidas em acidentes cresceu de 8,8% (Operação 2004/2005) para 11,8% (Operação 2008/2009). Outro dado preocupante é o número de autuações por embriaguez. Levantamento do Comando do Policiamento Rodoviário mostra que, entre 2007 e 2008, o número de autuações nas estradas paulistas cresceu 70,72%. Esse crescimento deverá continuar, já que o número de bafômetros aumentou 25% de uma operação para outra. Além disso, esse será o maior enfoque das campanhas nas estradas do litoral.

Para tirar de circulação veículos com irregularidades e acidentados, estarão abertos 23 pátios de recolhimento de veículos, com destaque para os pátios de Taubaté (capacidade: 850 veículos), Jacareí (capacidade: 1.000 veículos), Bertioga (capacidade: 1.000 veículos) e Itanhaém (capacidade: 2.400 veículos).

Rodovias de grande movimento, como a Tamoios, também terão horários restritos para circulação de caminhões. Nas rodovias Anchieta, Imigrantes, Bandeirantes, Anhanguera e Ayrton Senna, as operações de cargas especiais serão suspensas nos períodos de maior movimento. Além disso, algumas estradas contam com restrições ou desvios em certos trechos. Confira aqui mais detalhes sobre a operação nas estradas.

Segurança

Para a Operação Verão 2009/2010, o efetivo de reforço na Polícia Militar é de 2.375 homens, sendo 543 no Litoral Norte e 1.264 no Litoral Sul, além de 161 do Policiamento de Choque, 55 de Policiamento Ambiental, 327 de Policiamento Rodoviário e 25 tripulantes de helicópteros, que estarão distribuídos em todo o litoral.

O reforço da Polícia Civil é de 216 policiais civis e técnico-científicos no Litoral Norte e 724 policiais no Litoral Sul. O Corpo de Bombeiros também contratou 500 guarda-civis para monitorar as praias na Operação Praia Segura.

As delegacias das cidades dos litorais Norte e Sul terão plantões policiais diurnos e noturnos reforçados. Haverá equipes especializadas, como aquelas da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA), da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e da Delegacia de Investigações Sobre Extorsão Mediante Sequestro (DEAS). As regiões dos hotéis, pousadas, hospedarias e colônias de férias serão monitoradas por equipes de Policiamento Preventivo Especializado.

Ao todo serão deslocadas para o Litoral Norte 70 viaturas de apoio. Também serão utilizados dois helicópteros. O Litoral Sul terá o reforço de 75 viaturas e dois helicópteros adicionais, além de um próprio. Todos os equipamentos e recursos disponíveis, como armamentos e aparelhos de comunicação, além de sistemas de inteligência policial como o Registro Digital de Ocorrências (RDO) e de Informações Criminais (Infocrim) também estarão disponíveis.
;

Links
http://www.tvtribuna.com.br
.
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Senado aprova voto distrital misto para eleição de deputados e vereadores


Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto


TRF4 nega absolvição sumária de Marisa Letícia e recurso de José Dirceu


Banco Mundial lança relatório que analisa a eficiência e equidade do gasto público no Brasil


Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro


TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor