} .materia strong { color: #FFF; }


 

Internacional - 29/12/2011 - 08:00:58

 

Cristina Kirchner se afastará da Presidência para se tratar câncer

Cristina Kirchner se afastará da Presidência para se tratar câncer

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.


Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, de 58 anos, ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro. A presidenta argentina foi reeleita há dois meses para o segundo mandato. O vice-presidente argentino, Amado Boudou, assumirá a pre.

No próximo dia 4, Cristina Kirchner será submetida a uma cirurgia para a retirada do tumor, localizado no lobo direito da glândula tireoide, no Hospital Austral, em Buenos Aires, capital argentina.

O secretário de Comunicação Pública da Presidência da República da Argentina, Alfredo Scoccimarro, disse que os exames preliminares feitos na terça-feira (27) pela presidente mostram que não há metástase (contaminação de outros órgãos) pelo câncer nem comprometimento nos vasos linfáticos.

De acordo com Scoccimarro, Cristina Kirchner ficará em convalescença, após a cirurgia da semana que vem, por 72 horas. Mas, por ordens médicas, ela se afastará das atividades públicas por pelo menos 20 dias. A cirurgia vai ser feita pelo médico Peter Sack e por sua equipe.

Sack é chefe do Departamento de Cirurgia do Hospital Austral e responsável pelo Departamento de Cabeça e Pescoço do Instituto de Oncologia Doutor Roffo Anjo. Localizada no pescoço, a glândula da tireoide é a responsável pela produção de hormônios que regulam a taxa do metabolismo. O hipertireoidismo (tireoide muito ativa) e hipotireoidismo (tireoide pouco ativa) são os problemas mais comuns nesta glândula.

O câncer detectado na presidenta argentina é o quinto caso envolvendo chefes de Estado da América Latina. No Brasil, a presidenta Dilma Rousseff se curou de um linfoma, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz tratamento contra um tumor na laringe.

Na Venezuela, o presidente Hugo Chávez faz quimioterapia contra um câncer que começou com um tumor na região pélvica. O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, fez sessões de quimioterapia em São Paulo e também em Assunção para tratar de um linfoma.

*Com informações das agências públicas da Argentina, Telam, do México, Notimex, e da BBC Brasil 

;

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.

Com um tumor maligno na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner ficará afastada das funções públicas da próxima semana até o dia 24 de janeiro.

Links
http://www.globo.com
.
Vídeo