} .materia strong { color: #FFF; }


 

Politica - 31/12/2015 - 08:28:12

 

Maioria dos brasileiros prevê 2016 pior que 2015 com Dilma

Maioria dos brasileiros prevê 2016 pior que 2015 com Dilma

 

Da Redação com O Financista

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Em relação à política e à economia, os consultados também se mostraram pessimistas

Em relação à política e à economia, os consultados também se mostraram pessimistas


A maioria dos brasileiros acredita que a presidente Dilma Rousseff não terá condições de melhorar a vida da população em 2016. É o que mostra uma pesquisa realizada pela consultoria Ideia Inteligência, segundo a qual, 80% dos entrevistados optaram por essa resposta, quando perguntados se enxergam alguma possibilidade de a presidente recuperar seu padrão de vida.

Em relação à política e à economia, os brasileiros se mostraram pessimistas: a pesquisa revelou que 70% acreditam que a situação econômica em 2016 será pior do que em 2015, enquanto 68% creem que a situação política irá piorar.

"A combinação de inflação e desemprego em alta aliados a um cenário político instável tem deteriorado as expectativas sobre o futuro dos brasileiros", observa Mauricio Moura, diretor e fundador da Ideia Inteligência, em nota à imprensa.

A pesquisa também apresenta um paradoxo: quando perguntados em relação à vida pessoal, 65% dos brasileiros acreditam que sua situação irá melhorar em 2016, contra 18% que acreditam que ela permanecerá a mesma e 15% que esperam que a vida será pior.

Pesquisa

Durante os dias 20 a 27 de dezembro, a consultoria Ideia Inteligência realizou 20.006 entrevistas em 132 cidades do Brasil, por meio do método de URA (unidade de resposta audível, que consiste em realizar uma pesquisa telefônica, com uma gravação com respostas padrões, para que o participante digite a opção que mais se aproxima à sua opinião).

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Brasília fica sob ataque de 45 mil manifestantes e diversos ministérios são depredados


Banda Malta lança a nova série de vídeos no YouTube, Spotify e Deezer hoje, dia 24 de maio


Após adiar decisão, CCJ marca nova reunião e exclui da pauta PEC das Diretas


Candidatos têm até hoje para pagar a taxa de inscrição do Enem


Operadoras de telefonia criticam proibição de franquia limitada de banda larga fixa


Nicolás Maduro assina decreto com proposta para eleger Assembleia Constituinte