Temer sanciona nova lei que cobra impostos sobre Netflix e Spotify


 

Informática - 30/12/2016 - 18:50:06

 

Temer sanciona nova lei que cobra impostos sobre Netflix e Spotify

Temer sanciona nova lei que cobra impostos sobre Netflix e Spotify

 

Da Redação com IDGNow

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

 lei que prevê, entre outras coisas, cobrança de imposto municipal sobre serviços de streaming como Netflix e Spotify

lei que prevê, entre outras coisas, cobrança de imposto municipal sobre serviços de streaming como Netflix e Spotify


O presidente Michel Temer (PMDB) sancionou nesta semana, com vetos, uma lei que prevê, entre outras coisas, cobrança de imposto municipal sobre serviços de streaming como Netflix e Spotify. O Projeto de Lei (SCD 15/2015) tinha sido aprovado há alguns dias pelo Senado.

Em discussão desde 2015, o projeto de reforma do ISS (Imposto sobre Serviços de qualquer natureza) estabelece em 2% a alíquota mínima do imposto.

Com isso, a lei sancionada pelo presidente prevê a cobrança de impostos sobre serviços “processamento de dados e programação e computadores; e conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto em páginas eletrônicas, exceto no caso de jornais, livros e periódicos” – o que incluiria plataformas como os já citados Netflix e Spotify, por exemplo.

Até o fechamento da reportagem, Netflix e Spotify ainda não tinham se pronunciado de maneira oficial sobre a nova lei.

Recentemente, serviços como Netflix, Uber, Airbnb e Amazon entraram na mira de cidades e estados dos EUA e outros países na tentativa de regulamentar essas novas modalidades – e, obviamente, aumentar a arrecadação.

De acordo com o Diário Oficial, a criação de programas de computadores, incluindo games, também passará a ser taxada – ficaram de fora livros, jornais e outros periódicos.

Vetos 

Como aponta a publicação, os vetos incluem um inciso sobre o domicílio do tomador de serviços em alguns casos, como nos serviços prestados por administradoras de cartão.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Tribunal de Contas fiscaliza as condições da merenda em 250 escolas na Grande São Paulo


Maioria dos imóveis do 'Minha Casa, Minha Vida' têm defeitos de construção


Fãs fazem vigília e lembram 40 anos da morte de Elvis Presley


TRF4 mantém prisão preventiva do ex-ministro Antonio Palocci


MPF denuncia ex-ministro Geddel Vieira Lima por obstrução de Justiça


PMDB marca convenção para voltar a usar a sigla MDB