Chamadas de fixo para celular terão reajuste médio de 1,33%


 

Economia - 25/01/2017 - 17:45:54

 

Chamadas de fixo para celular terão reajuste médio de 1,33%

Chamadas de fixo para celular terão reajuste médio de 1,33%

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

A Vivo poderá aumentar o valor das chamadas em 2,28%, a Oi em 1,67%, a Sercomtel em 1,35%, a Claro em 0,88% e a Algar Telecom em 0,10%

A Vivo poderá aumentar o valor das chamadas em 2,28%, a Oi em 1,67%, a Sercomtel em 1,35%, a Claro em 0,88% e a Algar Telecom em 0,10%


As ligações feitas de telefone fixo para celulares vão ficar mais caras a partir de próxima semana. Hoje (25), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou as aperadoras a elevar a tarifa em, em média, 1,33%. Para que os novos valores possam ser aplicados, as prestadoras devem dar ampla publicidade ao reajuste nas localidades de prestação do serviço com antecedência mínima de dois dias.

A Vivo poderá aumentar o valor das chamadas em 2,28%, a Oi em 1,67%, a Sercomtel em 1,35%, a Claro em 0,88% e a Algar Telecom em 0,10%.

 



O valor da tarifa das chamadas de telefone fixo para aparelhos de comunicação por rádio também sofrerá reajuste. Neste caso, segundo a Anatel, a Vivo poderá aumentar o valor das chamadas em 2,28%, a Sercomtel em 1,35% e a Algar Telecom em 0,10% e a Oi em 1,03%. A agência reguladora não estabeleceu reajuste desse tipo de serviço para a Claro.

Os reajustes serão aplicados apenas para as linhas do plano básico da telefonia fixa em chamadas locais ou de longa distância nacional.

De acordo com a Anatel, o último reajuste aplicado ao plano básico de serviço das concessionárias de telefonia fixa para chamadas para telefonia móvel ou truking (comunicação por rádio) foi em 29 de setembro de 2015.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Prefeitura de S.Bernardo lança o 'Aniversário com Desconto' nos principais restaurantes da cidade


Gilmar Mendes derruba decisão de juiz e manda soltar Jacob Barata


Procuradores pedem impedimento de Gilmar Mendes em ações contra Jacob Barata


Gilmar Mendes diz que não há 'suspeição alguma' para julgar Jacob Barata


Investigações apontam que Vaccarezza, ex-deputado do PT, recebeu US$ 430 mil em propinas


Vaccarezza, ex-deputado federal do PT, é preso na Lava Jato