Santos perde mais uma na Vila Belmiro, desta vez para o Ferroviária


 

Esporte - 18/02/2017 - 21:44:47

 

Santos perde mais uma na Vila Belmiro, desta vez para o Ferroviária

Santos perde mais uma na Vila Belmiro, desta vez para o Ferroviária

 

Da Redação com Gazeta Esportiva

Foto(s): Reprodução

 

Leandro Amaro, ex-Palmeiras, foi o carrasco do Santos na Vila

Leandro Amaro, ex-Palmeiras, foi o carrasco do Santos na Vila


Na primeira partida de Ricardo Oliveira em 2017 e com a estreia para esquecer do zagueiro Cléber, o Santos pecou em criatividade e acabou derrotado pela Ferroviária por 1 a 0, gol de Leandro Amaro, zagueiro ex-Palmeiras. Cléber foi expulso no segundo tempo e abriu espaço para o defensor adversário subir mais alto na pequena área e mandar para as redes de cabeça.

A derrota foi a segunda seguida do Santos em sua casa, a Vila Belmiro, pelo Paulistão, já que o time foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 1 no clássico da última quarta-feira.

Se a estreia de Cléber foi ruim, a volta de Ricardo Oliveira também não teve seus brilhos. O atacante até chegou a fazer um gol, mas o bandeira marcou posição irregular e o tento foi anulado.

Sem Lucas Lima, a equipe de Dorival Júnior teve muitos problemas no setor de armação e Léo Cittadini não conseguiu criar com eficiência. Usando muito lançamento direto, o Santos pecou nos impedimentos e falhou em vencer a zaga bem prostrada do time do interior.

Com a derrota, o Santos estacionou nos seis pontos, foi ultrapassado pela Ponte Preta (sete) e perdeu a segunda colocação do grupo D. A Ferroviária, por sua vez, chegou a quatro e ultrapassou RB Brasil e Linense, assumindo o segundo posto do grupo B, liderado pelo São Paulo.

Agora na próxima rodada, o Santos irá enfrentar o Ituano, fora de casa, no Novelli Júnior, já nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), enquanto a Ferroviária recebe o Santo André na quarta, às 19h30, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

O JOGO

A primeira chegada da Ferroviária foi polêmica. O estreante Cléber tirou mal e Capixaba dominou a bola pela lateral esquerda. O atacante da Ferrinha infiltrou e caiu dentro da área pedindo pênalti, mas o juiz mandou seguir.

Aos 16, a Ferroviária chegou novamente com perigo pela lateral esquerda. Yuri tentou evitar um escanteio e deu a bola nos pés do adversário, que não conseguiu chutar com eficiência e a zaga alvinegra afastou.

Com o time visitante muito bem posicionado no setor defensivo, o Santos abusou dos lançamentos longos, sem eficiência. Para tentar furar o ferrolho grená, Victor Ferraz arriscou do meio da rua e a bola passou perto.

A grande quantidade de lançamentos do Peixe e o sistema bem prostrado de PC de Oliveira abriram espaço para um número muito elevado de impedimentos dos jogadores santistas.

Aos 36, o Santos chegou a abrir o placar com Ricardo Oliveira, mas o bandeira marcou posição irregular. O jogador não chegou a reclamar, mas a torcida alvinegra protestou muito na Vila.

Precisando da vitória, o alvinegro voltou melhor na segunda etapa. Nos primeiros minutos, Donizete fez boa jogada e cruzou para Copete, que perdeu uma grande chance de abrir o placar.

Aos 10, o lado esquerdo do Santos voltou a cochilar. Elder Santana  deu uma meia lua em Yuri e ficou de cara a cara com Vladimir, que fechou o ângulo e impediu o primeiro gol da Ferroviária.

Para ter mais poder ofensivo, Dorival sacou o volante Leandro Donizete e colocou Arthur Gomes. Logo em sua primeira jogada, o jovem recebeu cruzamento de Victor Ferraz e cabeceou com força, levando perigo ao gol de Matheus.

Aos 22, a situação ficou pior para o Santos. Mal em sua estreia, o zagueiro Cléber entregou a bola no meio de campo e precisou fazer a falta. Já com um cartão amarelo, o jogador foi expulso de campo.

Poucos minutos mais tarde, a Ferroviária teve boa chance, mas parou novamente em Vladimir. Para se aproveitar da vantagem numérica, o técnico PC Oliveira tirou o volante Claudinei e colocou o meia-ofensivo Kelvin.

O balde de água fria veio aos 28. Após belo escanteio de Alan Mineiro, o ex-Palmeiras Leandro Amaro subiu mais alto que os zagueiros e mandou para o fundo das redes de Vladimir. 1 a 0 Ferroviária.

Dorival tentou mudar as peças do elenco santista, mas nem Bruno Henrique, que substituiu Cittadini, nem Thiago Ribeiro, que entrou no lugar do desgastado Ricardo Oliveira, resolveram o problema da criatividade e a derrota se concretizou.


FICHA TÉCNICA

SANTOS X FERROVIÁRIA

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 18 de fevereiro de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Herman Brumel Vani

Cartões amarelos: Patrick, William Cordeio, Matheus (Ferroviária); Cléber (Santos)

Cartões vermelhos: Cléber (Santos)


Gol

FERROVIÁRIA: Leandro Amaro, aos 28 minutos do 2º tempo


SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Cleber, Yuri e Zeca; Leandro Donizete (Arthur Gomes), Thiago Maia e Léo Cittadini (Bruno Henrique); Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro). - Técnico: Dorival Júnior

FERROVIÁRIA: Matheus; William Cordeiro, Leandro Amaro, Patrick e Léo Veloso; Flávio, Claudinei (Kelvin), Fábio Souza e Alan Mineiro (Raniele); Capixaba (Tiago Marques) e Elder Santana. - Técnico: PC Oliveira

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Polícia Federal suspende por tempo indeterminado a emissão de passaportes


'Noite Tranquila' acaba com pancadões e elimina concentração de 1.200 pessoas


Prefeitura de São Bernardo inaugura nova sede da Procuradoria Fiscal


Helicóptero da polícia lança duas granadas contra Supremo na Venezuela


Maduro ameaça ir às armas caso haja risco de destruição da revolução bolivariana


Procuradores escolhem hoje nomes que vão compor lista tríplice para a PGR