Educação - 03/03/2017 - 22:40:18

 

Fies: prazo de pré-seleção da lista de espera é prorrogado

Fies: prazo de pré-seleção da lista de espera é prorrogado

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Reprodução

 

Portal SisFies

Portal SisFies


O Ministério da Educação prorrogou o período de pré-seleção da lista de espera do processo seletivo do FIES, o Fundo de Financiamento Estudantil. O prazo se encerraria nessa sexta-feira, mas foi estendido para o próximo dia 17. A mudança está publicada no Diário Oficial da União.

Os estudantes interessados devem monitorar o site do programa para checar a divulgação do resultado. Caso apareça como pré-selecionado, o estudante deve acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e efetivar a inscrição em cinco dias úteis, a partir da data de divulgação do resultado no sistema. No ato da inscrição, o candidato deve escolher a instituição bancária e a agência de sua preferência.

Depois de inscrito no sistema, o estudante deve validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de educação superior em até dez dias. Por mais dez dias, o candidato (ou seus fiadores) deve comparecer a um agente financeiro do Fies para formalizar a contratação do financiamento.

O financiamento do curso de graduação disponibilizado pelo MEC estará aberto no primeiro semestre deste ano para 150 mil alunos. Para ter direito ao benefício, o estudante deve comprovar renda bruta mensal de até três salários-mínimos por pessoa da família, além de ter participado de alguma edição do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio, a partir de 2010, com nota mínima de 450 pontos nas provas de conhecimentos gerais e nota superior a zero na redação.

Fies 2017

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Prefeitura de São Bernardo oferece água potável para população no Parque Estoril


JBS paralisa por três dias produção de carne bovina no Brasil


Câmara dos EUA adia votação sobre Obamacare


Servidores municipais de Santos rejeitam proposta e mantêm greve


Entenda o projeto de lei da terceirização aprovado pela Câmara


Ministro Barroso, do STF, defende voto em lista fechada de candidatos