Esporte - 12/03/2017 - 20:22:56

 

Corinthians consegue empate com a Ponte Preta

Corinthians consegue empate com a Ponte Preta

 

Da Redação com Gazeta Esportiva

Foto(s): Gazeta Press

 

Lucca aproveitou a barreira malformada e a demora de Cássio para abrir o marcador

Lucca aproveitou a barreira malformada e a demora de Cássio para abrir o marcador


O Corinthians sofreu no jogo em que o técnico Fábio Carille decidiu preservar alguns dos seus titulares. Apático no Moisés Lucarelli, na tarde deste domingo, o time paulistano foi castigado com um gol de falta de um jogador que emprestou à Ponte Preta, o atacante Lucca. No segundo tempo, o jovem zagueiro Léo Santos assegurou o empate por 1 a 1.

A igualdade não tira a tranquilidade do Corinthians na tabela de classificação do Campeonato Paulista. A equipe soma 19 pontos e lidera o grupo A com larga vantagem para Botafogo-SP, São Bernardo e Ituano. Na chave D, a mesma do Santos, a Ponte totaliza 15 e está bem credenciada na disputa pela classificação.

O próximo compromisso do Corinthians será pela terceira fase Copa do Brasil, contra o Luverdense (equipe que derrotou por 2 a 0 na semana passada), no início da noite de quinta-feira, em Itaquera. No domingo que vem, pelo Estadual, terá pela frente a Ferroviária, na Fonte Luminosa. Um dia antes, a Ponte receberá o Novorizontino no Moisés Lucarelli.

O jogo

Desfigurado, o Corinthians tentou tirar proveito do seu bom momento para pressionar a Ponte Preta nos minutos iniciais de partida. E até conseguiu incomodar, principalmente com os avanços de Maycon ao ataque.

Só a boa fase, contudo, não bastava para o Corinthians ser superior à Ponte Preta. Embora tivesse mais posse de bola, o time de Fábio Carille logo viu o adversário se tornar mais efetivo. Ravanelli chamava a atenção com lançamentos longos, sempre buscando a movimentação de Lucca e William Pottker.

Mas foi com a bola parada que a Ponte chegou ao gol. Aos 35 minutos, Lucca se apresentou para uma cobrança de falta e bateu colocado. Com a barreira malformada, Cássio caiu atrasado e ouviu a rede balançar – para delírio do atacante emprestado pelo Corinthians ao time de Campinas, que deixou o vínculo de lado na hora da comemoração.

Como o Corinthians continuou apático no restante do primeiro tempo, Fábio Carille se viu obrigado a agir já no intervalo. Trocou o apagado Léo Jabá por Kazim e passou a contar com mais um atacante de referência, além de Jô.

A Ponte Preta, ainda assim, seguiu melhor na partida. Aos três minutos, Pottker encarou a marcação de Pedro Henrique e Léo Príncipe na ponta esquerda, foi à linha de fundo e cruzou. Lucca desviou, e Cássio defendeu com um tapa na bola. Aos nove, foi o próprio centroavante acertado com o Internacional que cabeceou por cima da meta.

Para piorar a situação do Corinthians, Balbuena acusou uma lesão aos 20 minutos e fez Carille queimar mais uma substituição, mandando o jovem Léo Santos a campo. Na Ponte, Lucca também reclamou de dores e cedeu lugar a Lins.

O Corinthians continuou mal – os armadores Jadson e Rodriguinho quase não participavam do jogo, assim como Guilherme Arana, importante opção ofensiva na lateral esquerda nos últimos jogos. A falta de criatividade anulava também o futebol de Jô e Kazim.

A última aposta de Carille para mudar os rumos da partida foi Marlone na vaga de Jadson. Pouco depois da alteração, o Corinthians alcançou o empate. Aos 31, Rodriguinho alçou a bola da entrada da área e Jô fez bem o pivô, acionando Léo Santos. Como um atacante, o zagueiro clareou e finalizou no canto.

Frustrado, o técnico João Brigatti substituiu Ravanelli por mais um ex-corintiano, Matheus Cassini, na esperança de recuperar a vitória nos minutos finais. A torcida da Ponte Preta também se inflamou nas arquibancadas do Moisés Lucarelli.

Dentro de campo, ao contrário, não havia mais tanta intensidade. Ponte e Corinthians pareceram acomodados com o marcador empatado e não ofereceram grandes sustos aos goleiros Cássio e Aranha até o apito final do árbitro Vinícius Gonçalves Dias.


FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: 12 de março de 2017, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos (SP)

Público: 10.084 pagantes (total de 10.740)

Renda: R$ 193.485,00

Cartões amarelos: Clayson (Ponte Preta); Jô, Jadson e Paulo Roberto (Corinthians)


Gols

PONTE PRETA: Lucca, aos 35 minutos do primeiro tempo;

CORINTHIANS: Léo Santos, aos 31 minutos do segundo tempo


PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Jefferson; Fernando Bob, Matheus Jesus (Naldo) e Ravanelli (Matheus Cassini); Clayson, William Pottker e Lucca (Lins) - Técnico: João Brigatti

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena (Léo Santos), Pedro Henrique e Guilherme Arana; Paulo Roberto, Maycon, Jadson (Marlone), Rodriguinho e Léo Jabá (Kazim); Jô - Técnico: Fábio Carille

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Consumidores devem ficar atentos a ofertas de planos de internet fixa com limite


Manifestantes vão às ruas em defesa da Operação Lava Jato


São Paulo e Corinthians empatam no Morumbi


Karen Porfiro é eleita a Miss São Paulo 2017: "Ganhei o gosto do público"


São Bernardo perde para o Linense em Lins e está próximo do rebaixamento


Palmeiras cede empate ao Audax no Palestra Itália