} .materia strong { color: #FFF; }


 

Economia - 04/04/2017 - 13:45:00

 

Aneel anuncia redução de 9,2% na conta de luz de 4,2 milhões de clientes da CPFL

Aneel anuncia redução de 9,2% na conta de luz de 4,2 milhões de clientes da CPFL

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Companhia Paulista de Força e Luz – CPFL

Companhia Paulista de Força e Luz – CPFL


Os consumidores residenciais atendidos pela Companhia Paulista de Força e Luz – CPFL Paulista - terão um desconto de 9,62% na tarifa de energia elétrica a partir do próximo dia 8, segundo anunciou hoje (4) a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Segundo a Aneel, serão beneficiados usuários de 4,2 milhões unidades consumidoras em 234 municípios do estado de São Paulo, incluindo Campinas, Ribeirão Preto, Bauru e São José do Rio Preto.

A medida é relativa ao cálculo do reajuste anual de acordo com o estabelecido no contrato de concessão em que são avaliados os custos da prestação do serviço em relação à compra de energia, a transmissão e encargos setoriais.

Confira abaixo os percentuais por classe de tensão

Efeito médio por classes de tensão*

Variação (%)

Alta Tensão em média (indústrias)

-12,20% (negativo)

Baixa Tensão em média

-9,42% (negativo)

Média (Baixa Tensão e Alta Tensão)

-10,50% (negativo)


Desconto específico

Excepcionalmente em abril, esses consumidores terão um outro desconto, de 15,28%, referente à devolução dos valores cobrados a mais no ano passado. Neste caso, o motivo foi a inclusão indevida nas tarifas do custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 , que ainda não entrou em operação.

Esse tipo de desconto também está sendo aplicado em outras distribuidoras com taxas que oscilam entre 0,95% e 19,47%. No último dia 28, a Aneel aprovou o processo extraordinário de ajuste nas tarifas de 90 distribuidoras do país, o que resultou na devolução prevista de R$ 900 milhões.

aneel

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



STF adia julgamento de pedido de habeas corpus para libertar Dirceu na Lava Jato


STF revoga prisão domiciliar de Bumlai que, agora, fica em liberdade


STF decide que goleiro Bruno deve voltar à prisão imediatamente


Submarino nuclear dos EUA chega à Coreia do Sul


Polícia prende, Justiça solta, subjetivismos


Comissão começa a discutir relatório da reforma da Previdência