Maduro é vaiado e atacado com objetos após desfile militar na Venezuela


 

Internacional - 12/04/2017 - 11:06:58

 

Maduro é vaiado e atacado com objetos após desfile militar na Venezuela

Maduro é vaiado e atacado com objetos após desfile militar na Venezuela

 

Da Redação com EFE

Foto(s): Reprodução

 

Nicolás Maduro é atacado com ovos pelo população durante desfile militar na Venezuela

Nicolás Maduro é atacado com ovos pelo população durante desfile militar na Venezuela


Algumas pessoas vaiaram e lançaram objetos contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, na terça-feira (11), no final de um desfile militar na comunidade de San Félix, no estado de Bolívar. O presidente foi então retirado rapidamente do local. Maduro cumprimentava os participantes após o término do desfile, quando algumas pessoas na platéia começaram a atirar objetos contra ele, seg

undo as imagens da emissora de TV que transmitia o ato e que foi interrompido quando começou o ataque.

As imagens mostram a equipe de segurança da presidência cercando o governante para evitar que ele fosse agredido.

Nas redes sociais circulam outros vídeos que mostram alguns momentos do incidente, após a transmissão do evento ter sido interrompida. Nas imagens das redes sociais é possível ouvir insultos e vaias direcionadas ao presidente venezuelano.

O ministro da Informação, Ernesto Villegas, também divulgou imagens da saída de Maduro do local, momentos antes do incidente, mas nestas imagens o presidente está rodeado por centenas de apoiadores.

Os opositores reagiram pelo Twitter. Entre eles, o presidente do Parlamento venezuelano, Julio Borges, e o também deputado opositor Henry Ramos Allup.

"Nicolás. O povo de San Félix te ama e quer te alimentar. É por isso que atiraram ovos, tomates, verduras, cascas de bananas e outras coisas", afirmou Ramos.

Borges, por sua vez, disse na mesma rede social que "o povo de San Félix como toda Venezuela, rejeita Maduro e repudia sua ditadura".

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Janot pede impedimento de Gilmar Mendes para julgar Jacob Barata Filho


Governo quer reduzir participação da União na Eletrobras


Sérgio Moro condena Renato Duque e ex-executivos da Andrade Gutierrez em processo da Lava jato


Chanceler venezuelano chama presidentes do Brasil e do Paraguai de 'imorais'


Praias de Santos passam a ser geridas pela prefeitura a partir do dia 21 de agosto


Inscrições para vestibular da USP podem ser feitas até 11 de setembro