Maduro acusa Twitter de desativar milhares de contas de chavistas


 

Internacional - 17/06/2017 - 20:00:09

 

Maduro acusa Twitter de desativar milhares de contas de chavistas

Maduro acusa Twitter de desativar milhares de contas de chavistas

 

Da Redação com EFE

Foto(s): Reuters

 

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje (17) que o Twitter desativou milhares de contas de cidadãos do país exclusivamente por eles serem "chavistas" e que isso ocorreu porque a rede social tem medo de que os governistas sejam maioria.

"Fazemos uma denúncia nacional e internacional contra a empresa Twitter da Venezuela, que no dia de hoje desativou milhares de contas de pessoas, de jovens, de trabalhadores, de profissionais, pelo único motivo de serem chavistas", afirmou Maduro em um ato com militantes do Partido Socialista Unido (PSUV) em Caracas.

O presidente afirmou que a conta da governista Rádio Miraflores foi cancelada e chamou a decisão de "expressão do fascismo". Além disso, pediu que os responsáveis pela exclusão das contas sejam desmascarados. "Vamos publicar a foto de quem dirige o Twitter na Venezuela", ressaltou Maduro.

"Claro, eles têm a chave, têm o servidor e disseram acabou: mataram milhares de contas. Mas se eles apagarem mil contas, vamos abrir mais 10 mil, com a juventude e a força revolucionária da opinião pública e da verdade venezuelana", afirmou o presidente.

Outras contas que parecem estar bloqueadas, segundo o governo, são as da Miraflores TV e a da Rádio Nacional da Venezuela.

"A batalha das redes sociais é muito importante. Eles sabem que é muito importante e utilizam as redes sociais para a guerra psicológica permanente",acrescentou Maduro.

O ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Ernesto Villegas, disse no Twitter que, até o momento, cerca de 180 contas de órgãos públicos e de "militantes revolucionários" foram desativadas. "Não só contra a Rádio Miraflores e a Rádio Nacional da Venezuela: limpeza étnica contra o chavismo no Twitter é equivalente à queima de pessoas na realidade".

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



MTST faz protesto na capital paulista pedindo negociação sobre terreno ocupado


Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas


Mostra de Cinema de SP chega aos 41 anos e exibe 395 filmes


Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP


MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo


Entrou no ar novo site do Museu da Língua Portuguesa