Universidade ainda é um previlégio para poucos no Brasil


 

Nacional - 05/12/2003 - 10:24:02

 

Universidade ainda é um previlégio para poucos no Brasil

Universidade ainda é um previlégio para poucos no Brasil

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior


Entre os brasileiros com 25 anos ou mais, apenas 6,8% têm diploma universitário. Os que completaram mestrado ou doutorado correspondem a 0,4%. Os dados foram revelados por uma pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base no Censo 2000. Apesar dos baixos índices, a pesquisa mostra também que houve avanços na última década. Em 1991, apenas 5,7% dos brasileiros com 25 anos ou mais tinham curso superior completo. Houve um aumento de 19,3% na proporção de pessoas com diploma universitário nesta faixa etária. Em números absolutos, eram 3,86 milhões em 1991 e 5,78 milhões em 2000. A proporção de mestres e doutores dobrou: em 1991, eram 0,2% do total da população de 25 anos ou mais. O número de pessoas com curso superior completo no País era de 5,9 milhões em 2000 e de quatro milhões em 1991. Os mestres e doutores, de qualquer idade, passaram de 147 mil para 304 mil. Para o negro o acesso à universidade é um caminho ainda mais difícil. Um em cada dez brancos com 25 anos ou mais conclui a universidade. Entre os negros, a proporção é cinco vezes menor: um em cada 50 negros brasileiros tem superior completo. “Na educação, se reproduz a sociedade de castas que a gente vive no Brasil. Nunca se pensou, desde a abolição da escravidão, em uma forma de integração do negro. A população carrega uma bagagem negativa desde que nasce”, avalia o cientista social e pesquisador do Departamento de Indicadores Sociais do IBGE José Luiz Petruccelli. A composição racial da população geral não se reflete no universo dos que têm diploma universitário. Enquanto os brancos são 53,7% da população, entre os que concluíram o curso superior representam 82,8%. Negros e pardos, que somam 44,7% dos brasileiros, são apenas 14,3% dos que têm diploma universitário. ATRASO – O grupo de mestres e doutores é praticamente insignificante no Brasil. O déficit tem impacto direto nas baixas taxas de desenvolvimento do País. “Só se consegue ter desenvolvimento a partir do momento em que há recursos humanos capacitados”, comenta o presidente do Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa, José Ricardo Bergamann. No Brasil, formam-se por ano cerca de 20 mil mestres e sete mil doutores. A taxa de pós-graduados cresce em média 16% ao ano. A maioria trabalha nas universidades como professores e pesquisadores. Atualmente, há 130 mil matriculados em cursos de pós-graduação no País, mas o número de bolsas praticamente não aumenta há nove anos. ;

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior

Pesquisa realizada pelo IBGE, com base em dados do Censo 2000, revela que apenas 6,8% dos brasileiros com 25 anos ou mais têm diploma de nível superior

Links
.
.
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Prazo para requerer redução de IPTU para aposentados e pensionistas termina na quarta, dia 28


Janot denuncia Temer por crime de corrupção passiva


Como empresários e autônomos devem garantir seu futuro frente às mudanças previdenciárias do país?


Moro condena Palocci a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro


Nicolás Maduro pede 'insurreição popular' caso governo seja afetado


Trabalhadores têm até dia 30 para sacar abono do PIS/Pasep 2015