Após grampo, PSDB quer auditoria em sistema de urna


 

Politica - 03/09/2008 - 00:51:11

 

Após grampo, PSDB quer auditoria em sistema de urna

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O vice-líder do PSDB, Gustavo Fruet, disse que o partido irá propor à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) uma auditoria externa sobre um novo sistema de criptografia que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) pretende utilizar nas urnas eletrônicas, durante o pleito. O sistema ainda será apresentado à Justiça Eleitoral. As informações são da Agência Câmara.

O PSDB decidiu fazer isso depois das denúncias de grampos e suspeitas de participação da Abin no vazamento de escutas telefônicas. "Pela lei, cabe à OAB, ao Ministério Público e aos partidos políticos fiscalizarem as urnas eletrônicas. Por isso tomaremos essa providência", destacou o parlamentar.

O grampo

De acordo com reportagem da revista Veja, a Abin teria gravado conversa telefônica do ministro Gilmar Mendes com o senador Demóstenes Torres. A reportagem traz a transcrição do diálogo e diz que teve acesso aos documentos por meio de um servidor da agência, que pediu anonimato.

O diálogo telefônico de pouco mais de dois minutos entre Mendes e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) teria ocorrido no fim da tarde do último dia 15 de julho. A revista diz que, mesmo sem ter relevância temática, o diálogo prova a ilegalidade da espionagem.

No telefonema, Demóstenes pede ajuda a Gilmar contra a decisão de um juiz de Roraima que teria impedido o depoimento de uma importante testemunha na CPI da Pedofilia, da qual é relator. Mendes agradece a Demóstenes por ter criticado, na tribuna do Senado, o pedido de impeachment do presidente do STF feito por um grupo de promotores descontentes com o habeas-corpus concedido ao banqueiro Daniel Dantas. Na época, a Polícia Federal acabara de concluir a Operação Satiagraha, que prendeu o banqueiro duas vezes. A assessoria de Mendes confirma a conversa com o senador.

;

Links
.
.
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Câmara aprova decreto de intervenção no Rio de Janeiro


Vereadores petistas querem indenização da prefeitura de São Bernardo


MTST realiza discursos políticos contra reforma da Previdência em São Bernardo


MTST descumpre acordo e faz passeata em São Bernardo


Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro


Justiça manda Corinthians e Odebrecht devolverem R$ 400 milhões para a Caixa