Suprema Corte Italiana mantém condenação de Robinho --> --> -->


 

Nacional - 19/01/2022 - 19:49:18

 

Suprema Corte Italiana mantém condenação de Robinho

 

Enzo Barone com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo / Google

 

Jogador Robinho

Jogador Robinho


A Suprema Corte da Itália confirmou a sentença de Robson de Souza, mais conhecido como "Robinho", o jogador que tem passagem em clubes como Santos, Milan, Real Madrid e Atlético Mineiro, foi condenado a nove anos de prisão após estar envolvido em um caso de violência sexual realizada em grupo contra uma mulher em 2013, divulgou o advogado do atleta na quarta-feira (19).

Em 2017 a justiça de Milão confirmou o envolvimento do jogador e outros 5 brasileiros no ato, o fato ocorreu em uma casa noturna onde os culpados abusaram sexualmente da vítima Albanesa, o caso foi para segunda instância sendo confirmado em 2020.

Robinho mora no Brasil, portanto protegido por conta da constituição que proíbe a extradição de cidadãos brasileiros, salvo pelo Inciso LI do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988. É provável que a justiça italiana solicite que o jogador do Brasil cumpra a sentença em território brasileiro por não haver possibilidade de extradição. A solução mais viável, entretanto, seria a transferência de execução. Lei de Imigração 13.445/2017, arts.

No mesmo ano da sentença o jogador tentava uma aproximação com seu primeiro clube, Santos, porém pelo envolvimento de Robinho no crime e posteriormente sua condenação, os patrocinadores ameaçarem encerrar contratos com o time caso Robinho fosse contratado, resultando na interrupção do acordo seis dias depois da contratação do atacante.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Lei de Acesso à Informação (LAI) faz 10 anos em clima de desmonte e em risco, aponta estudo da ARTIGO 19


Que tiro foi esse?


Apple deve abandonar conector Lightning e estuda lançar iPhone com USB-C em 2023


Pesquisa FSB/BTG aponta Bolsonaro como culpado por alta dos combustíveis


Votar é preciso


Primeira-dama de Santo André, Ana Carolina faz milagre com R$ 5 mil em sua academia de Jundiaí