-->


 

Economia - 30/12/2011 - 07:40:59

 

INSS adia pagamento da folha de dezembro para 2 de janeiro

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje


Com os bancos fechados hoje (30) por causa do recesso de fim de ano, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fará o depósito dos benefícios dos que recebem acima de um salário mínimo a partir da próxima segunda-feira (2).

De acordo com o calendário de pagamentos do instituto, na segunda-feira começam a receber os segurados que ganham acima do mínimo e têm cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito, assim como aqueles que recebem até um salário mínimo e cartão com final 6, sem levar em conta o dígito.

Com a mudança, a folha de pagamentos do INSS referente ao mês de dezembro será estendida até o dia 6 de janeiro. Dúvidas sobre as datas do pagamento podem ser esclarecidas com os operadores da Central 135. A ligação é gratuita de telefones fixos ou públicos e custa o preço de uma ligação local, quando originada de um celular.

Os segurados do INSS também podem consultar a programação de pagamentos de 2012 no site http://www.inss.gov.br/.

;

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje

INSS muda dia de depósito de benefícios de quem ganha acima do mínimo por causa do fechamento dos bancos hoje

Links
http://www.inss.gov.br
.
Vídeo


Últimas Notícias



Candidatura à reeleição de Orlando Morando e Marcelo Lima é oficializada em São Bernardo


Sabesp implanta novo sistema para melhorar atendimento ao consumidor


Reforma da previdência de São Bernardo do Campo é válida, diz TJ-SP


Ex-funcionário da Dersa, José Geraldo Casas Vilela, acusado de desvios não consegue habeas corpus na Quinta Turma


Polícia diz que deputada Flordelis foi mandante da morte marido


Saneamento aqui e acolá