-->


 

Politica - 12/07/2019 - 02:13:25

 

Câmara aprova regras especiais de aposentadoria de policiais da União

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Fabio Rodrigues Pozzebom / Abr

 

Plenário da Câmara na votaçao da reforma da Previdência

Plenário da Câmara na votaçao da reforma da Previdência


O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada de hoje (12), por 467 votos a 15, a emenda do Podemos que reduz a idade mínima de aposentadoria para os policiais que servem à União. Policiais federais, policiais legislativos, policiais civis do Distrito Federal, policiais rodoviários federais e agentes penitenciários e socioeducativos federais, entre outros, poderão aposentar-se aos 53 anos (homens) e 52 anos (mulheres).

A redução da idade, no entanto, só valerá para quem cumprir um pedágio de 100% do tempo de contribuição que falta para aposentar-se: 25 anos para mulher e 30 anos para homem. Dessa forma, se faltarem três anos de contribuição pelas regras atuais, o policial terá de trabalhar seis anos para reduzir a idade mínima.

A medida vale apenas para os profissionais que estão na regra de transição. Para os futuros policiais e agentes de segurança da União ou quem optar por não cumprir o pedágio, foi mantida a idade mínima de 55 anos e o tempo de serviço policial de 15 anos para os dois sexos.

Apresentada pela bancada do Podemos, a emenda tinha acordo para ser aprovada. As condições são as mesmas apresentadas na semana passada na comissão especial, onde o destaque havia sido rejeitado.

Destaques

Ainda faltam nove destaques e emendas para serem votados. Líderes de alguns partidos concordaram em formar um bloco para unificar as orientações de voto, com o líder de um partido falando em nome dos demais, para acelerar a sessão. Em alguns casos, o bloco abrirá mão de encaminhar a orientação única.

A discussão dos destaques começou por volta das 17h30 e só vai terminar na madrugada desta sexta (12). Os deputados ainda têm nove destaques e emendas para votar. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prevê encerrar a votação, em segundo turno, na sexta-feira à noite ou na manhã de sábado (13).

Como votaram os deputados do Grande ABC

A emenda aglutinativa nº8 contou com apoio também dos partidos de oposição, que já haviam votado para aprovar a alteração na PEC 06/19 na comissão especial. Com isso, o placar de votos favoráveis foi o maior de todas as votações da reforma em plenário.

Pelo Grande ABC, Vicentinho, PT, votou favorável tanto na Comissão Especial como na votação em plenário. O deputado Alex Manente, Cidadania, votou contra o destaque na Comissão Especial e, em plenário, estava ausente e não votou. Entretanto, o partido de Alex Manente, Cidadania, votou à favor da aprovação do destaque que alterou o texto base aprovado. 

Emenda Aglutinativa 08 PEC 06/19
Emenda Aglutinativa 08 PEC 06/19

O placar de votos favoráveis foi o maior de todas as votações da reforma em plenário. Foram 467 votos a favor e 15 contra e uma abstenção.

O partido NOVO, com oito deputados, votou contra.

Veja como foi a votação em relatório divulgado pela Câmara Federal.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Prefeitura de São Bernardo promove 1ª Feira de emprego para jovens de 16 a 22 anos


Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais


Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do Imposto de Renda


Bumba Meu Boi pode se tornar patrimônio imaterial da humanidade


Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI


STF aprova compartilhamento total de dados financeiros da Receita Federal com o MP sem autorização judicial